Projeto Helvetica


helvetica.jpg

A fonte conhecida como Helvetica é uma das mais utilizadas e reconhecidas no mundo. Para comemorar seus 50 anos, Gary Hustwit produziu e dirigiu um filme chamado "Helvetica", sobre o nascimento dessa fonte tão conhecida. Trata-se de um documentário que mostra como a tipografia e o design gráfico influenciaram nossas vidas. O Helvetica foi produzido por Max Miedinger e Eduard Hoffman em 1957, para a Haas Type Foundry em Munchestein, na Suíça. Ele tinha todas as qualidades necessárias para provocar mudanças nas atitudes predominantes em relação ao design e seus possíveis usos.

Inicialmente chamada de Neue Haas Grotesk, o a fonte foi renomeada em 1960 como Helvetica, que significa Suíça em latim e possui uma sonoridade internacional.

helvetica_3.jpghelvetica_5.jpghelvetica_6.jpg

A Helvetica se tornou um clássico por causa da clareza e simplicidade de suas formas. Como uo uma fonte neutra, foi uma ferramenta extremamente importante com a qual os designers podiam expressar suas idéias.

O Projeto Helvetica foi tema de uma exposição realizada entre 21 e 28 de outubro de 2008 no Museu Laforet, em Tóquio. A exposição foi organizada pela Petit Grand Publishing. O espaço da exposição, localizado em Harajuku há mais de vinte anos, sempre foi foco de atividade cultural e um ponto de referência para novas tendências, graças aos eventos que patrocina.

Toda ocasião que celebra o que é essencial em um espaço conceitual destinado a criar grandes idéias, deve incluir Moleskine, que participou do projeto por meio da produção de dois cadernos especiais.

helvetica_2.jpgEles foram feitos em duas cores diferentes, vermelho e preto, com trabalhos de autoria da famosa equipe de designers do Groovisions. Dentro de cada caderno há uma página em serigrafia dedicada à história da fonte Helvetica. Os cadernos podem ser comprados no site da exposição e nas melhores lojas de design de Tóquio.

Link:

http://www.helvetica-web.com/
http://www.helveticafilm.com/

helvetica_1.jpg