O conteúdo é você


Minha Nuvem Analógica
Intencionalmente ou não, os traços de nossas personalidades estão espalhados por nossos caminhos, seguindo nossos movimentos, aonde quer que formos. Os itens que carregamos em nossas bolsas, as marcas nas páginas de nossos cadernos, os dados de nossa nuvem digital, tudo isso é o que pinta um retrato de quem somos: para nós mesmos, assim como para aqueles que ainda não nos conhecem. 
 
Quando um caderno se torna nosso, ele carrega nossa memória, identidade, criatividade, ambição. Uma simples lista de compras pode dizer quem somos, tanto quanto um esboço, uma nova ideia ou um pequeno texto também pode. Anotações, transformações, pinturas, itinerários: colecionando nossas histórias, nossos cadernos tornam-se uma extensão de nós mesmos, uma ferramenta para a auto-expressão.
 
Da mesma maneira que uma bolsa também pode absorver nossas identidades. Sempre nos acompanhando aonde formos, cheia dos mais preciosos itens, é um recipiente para a nuvem de objetos que nos define e que define nossas necessidades. Ela pode carregar as ferramentas necessárias para viajar, criar e comunicar, tudo ao mesmo tempo que respiramos com nossas personalidades, pensamentos e ações.
 
A espessura de um caderno usado, o volume de uma bolsa preparada nos ajudam a mostrar quem somos. O que seus objetos dizem sobre você? Compartilhe seus itens online no myMoleskine ou na rede social de sua preferência usando a tag #myanalogcloud.
 
A maneira como nossas coisas expressam nossas personalidades é o tema de uma conversa apresentada no The Economist Group's Big Rethink 2013 por Maria Sebregondi, VP da Brand Equity e Comunicações na Moleskine. Uma edição especial do caderno Moleskine foi criada para marcar o evento.

Print in MSK format